Wednesday, November 10, 2004

O pequeno barulho da guerra

guernica.jpg




é natural
o pequeno barulho da guerra
que nos chega a casa
é natural que o homem vulgar
mostre o seu rosto
coberto de sangue e de feridas
ontem o meu pai desapareceu
e acho isso natural
a humanidade tem os seus afazeres
não é a guerra um afazer normal?
e ela prossegue os seus dias
de olhos turvos e frios
da rua nascem teoremas inúteis
impunemente crescem as balas
nos campos de trigo
(o que as crianças
pensarão de tudo isto?
a cada quilómetro o horror
faz uma escultura de pedra
enormes flocos de sangue
sobre as montanhas do mundo
resta-nos um instante
como dizer?
o pequeno barulho da guerra
um novo e livre século
para
ser

(Maria Azenha)

5 comments:

Anonymous said...

bom dia peter... adorei o texto mas imagem não aparece... talvez seja um problema daqui, não sei.... beijinhos gisele

Lótus said...

Olá :-)* ... eu vejo a imagem, mas ela ultrapassa a linha do lado dto .. talvez seja melhor diminuir o tamanho ;-) beijoka e um bom dia para todos ***

amita said...

Guernica de Picasso aliada a um belo poema de Maria Azenha. Muto bom, Peter Bjos

Peter said...

Gisele.É problema daí.Eu tb não consegui ver a imagem que mandaste.Não abriu.

Peter said...

Lótus,isso é problema para "experts",como tu,resolverem.Deixa estar assim.:-)*