Friday, May 27, 2005

O tamanho das partículas nos aneis de Saturno



Começo por alertar para as cores dos aneis que não são naturais. Adoptou-se esse procedimento para distinguir os aneis uns dos outros, de acordo com o tamanho das partículas que os constituem.
As emissões de ondas radio a partir da nave espacial Cassini, foram relectidas pelos aneis de acordo com o comprimento da onda radio emitida e consoante o tamanho das partículas constituintes dos mesmos.
Foram utilizados comprimentos de onda de 1 cm, 3.5 cms e 13 cms. A côr púrpura representa aneis constituidos por partículas de tamanho superior a 5 cms, a verde aneis de partículas inferiores a 1 cm e a côr branca refere-se a zonas em que a grande densidade de partículas não permitiu uma boa medição.

É uma bela imagem do planeta e do seu enigmático sistema de aneis, para o qual ainda não existe explicação credível.

Credit: RSS, JPL, ESA, NASA

3 comments:

BlueShell said...

´É um mistério...há quem defenda que são poeiras...vá-se lá saber..
Mas que é lindo...ai isso é!
Beijinho, Peter:
BShell

Manoel Carlos said...

Saturno revela claramente duas coisas: a nossa pequenez e o gigantismo de nossa ignorância.

amita said...

Na eterna procura do desconhecido, naveguei pelas cores estabelecidas e adorei o teu texto. Somos realmente uma partícula de nada, mas persistentes. Valha-nos isso! Bjos