Sunday, June 05, 2005

Passaram anos …



Passaram anos – nuvens sobre os prados –
E nunca voltarão, pois hoje em dia
Não me enfeitiça mais essa magia
De enigmas, doinas*, contos e ditados

Que a fronte de criança espairecia,
Mal lhe atinava os significados. –
Em vão me cercas com teus sombreados
De oculto pôr-de-sol, ó hora tardia.

Para arrancar um som de outra idade
E outra vez, minh’alma, soltes brado,
Em vão a minha lira estremeço;

Tudo voou pelo ar da mocidade,
Calou a doce boca do passado
E o tempo cresce atrás de mim … escureço!

• cantigas populares líricas, originárias do
folclore pastoral, tão representativas para a
alma romena quanto o fado para a alma portuguesa.

(Mihai Eminescu 1850-89, o maior poeta romeno
e uma das vozes mais altas da poesia universal.
Também é uma homenagem ao Prof Victor Buescu, da FLL,
figura a quem mais se devem os estudos romenos no nosso País)

5 comments:

BlueShell said...

Claro que eu...não conhecia...mas li, reli e adorei...Tão oa meu género...
Obrigada, Peter, por esta oportunidade que me deste de conhecer e me deleitar com este texto.

Jinhos, BShell

catarina said...

hmm... hoje deu-me para isto: para andar a vaguear, sem destino, a saltar de blog em blog, de palavras em palavras, de desconhecidos em desconhecidos... e não é que aqui e ali tropeço em coisas muito interessantes? como o teu blog... voltarei, sem ser por andar a vaguear. voltarei, quanto mais não seja porque gosto de António Ramos Rosa.

amita said...

Excelente escolha Peter, embora ache que nada nem ninguém está fora de prazo (escurecimento). As pessoas ou se apagam ou renascem (revivem). O poema é um encanto;não conhecia o autor. Mas também há muita coisa que desconheço. Por isso é que renasço todos os dias. Bjinhos amigo obrigada pelo poema

Lótus said...

A poema é soberbo ... mas a imagem ... nem sei o que te diga ... é algo de maravilhoso :-).. nunca te perguntei ... que tal te dás com este servidor? tb tem as manias do sapo??? bjs***

Anonymous said...

Don't you think you should quote the title of the book, the name of the translator and of the publishing house?