Wednesday, August 17, 2005

Presídio


Musée d'Orsay (Paris) - Manet, "Dejeuner sur l'herbe" (foto tirada por Peter)

Nem todo o corpo é carne ... Não, nem todo.
Que dizer do pescoço, às vezes mármore,
às vezes linho, lago, tronco de árvore,
nuvem, ou ave, ao tacto sempre pouco ... ?

E o ventre, inconsciente como o lodo? ...
E o morno gradeamento dos teus braços?
Não, meu amor ... Nem todo o corpo é carne:
é também água, terra, vento, fogo ...

É sobretudo sombra à despedida;
onda de pedra em cada recontro;
no parque da memória o fugidio

vulto da Primavera em pleno Outono ...
Nem só de carne é feito este presídio,
pois no teu corpo existe o mundo todo!

(David Mourão-Ferreira)

11 comments:

Menina_marota said...

Um dos poemas que mais gosto de DMF, deixo-te aqui...grata pela partilha que fazes deste momento...

"E por vezes as noites duram meses
E por vezes os meses oceanos
E por vezes os braços que apertamos
nunca mais são os mesmos E por vezes

encontramos de nós em poucos meses
o que a noite nos fez em muitos anos
E por vezes fingimos que lembramos
E por vezes lembramos que por vezes

ao tomarmos o gosto aos oceanos
só o sarro das noites não dos meses
lá no fundo dos copos encontramos

E por vezes sorrimos ou choramos
E por vezes por vezes ah por vezes
num segundo se envolam tantos anos."



Um abraço ;)

Peter said...

É um poema para reflectir. Muito belo, mas também triste. É um poema de recordações, que não conhecia.
VMF foi dos poetas do meu tempo, aquele que melhor cantou a mulher. Na FLL era um autêntico "quebra-corações".
Emprestei uma 1ª ed do seu livro: "Um amor feliz" a pessoa amiga. Nunca mais vi o livro, nem a pessoa ...

mfc said...

A sensualidade da poesia de Mestre David em todo o seu explendor.
O soneto enviado pela Menina Marota também ressalta a mesma e permanente sensualidade.

amita said...

No teu blog, Peter, reina toda a Beleza da poesia que, em laços, a Amizade partilha. Bjos

Heloisa B.P said...

peter,
A Sua coleccao de FOTOS e' qualquer *COISA*!!!!!!
_O que ja' tive a oportunidade de ver e... que sera' o que ainda tem "ESCONDIDO"!!!???....
Gostei muito de o ver la' no meu cantito, deixei la' pequena resposta!
ABRACO!
Perdoe minhas "longas ausencias"!
Heloisa.
****************

blimunda said...

peter, meu panzinho,
um beijinho....

Peter said...

blimunda,estás sempre presente no meu pensamento. Acredita que é verdade.
São 04.30 AM horas de ir para a cama, depois de festejar a vitória do meu Sporting. O que é que queres? É um dos meus pontos fracos.
Bom fds para ti, cara amiga.

Peter said...

Heloisa, estive no seu blog a ler as imerecidas palavras com que se referiu ao meu modesto comentário. Para mim é que é uma honra vê-la por aqui.
Bom fds.

Peter said...

Amita, até a escreveres prosa fazes poesia.
Bom fds.

Peter said...

mfc, tens publicado umas fotos extremamente belas no teu blog.
Bom fds.

Peter said...

"E por vezes por vezes ah por vezes
num segundo se evolam tantos anos".
Poema do DMF que eu desconhecia e que mexe já comigo.
Bom fds.