Sunday, April 02, 2006

MIGUEL TORGA – Torga



Dizer de Ti
É falar do Arco-Íris
De cambiantes de cor
De mar aberto
Do Vento, que varre esse deserto
Que atravessarás para te encontrares;

Dizer de Ti
É falar da vida, em cada estação repetida
E nas fragrâncias campestres
Tão simples, tão naturais

Dizer de Ti
É saber mais
É ir das torgas duras e agrestes
Às flores mais aveludadas
É saber escutar vozes caladas
Com que nos falam nossos ancestrais…

Pois foste na essência a mistura
Da natureza mais profana e mais pura
Que anseia o Santo Graal – conhecimento.

Tiveste a estrada toda à tua frente,
Pisaste-a com firmeza e sem vaidade
E como qualquer crente
Sorveste o conhecimento, devagar
Com a certeza que pr’alcançar a felicidade
Foi preciso dar e dar e dar!...

(Poema de MARIA MAMEDE http://noceuenaterra.blogspot.com )

Este poema foi-me enviado por uma amiga poetiza, com blog incluido nos n/links e admiradora de Maria Mamede.
Ao mesmo tempo que publiquei esta poesia de Maria Mamede, tomei a liberdade de incluir o seu blog nos n/links, para uma mais fácil leitura. Espero que não leve a mal.

6 comments:

heloisa said...

OBRIGADA PETER*, POR DAR-NOS A CONHECER MAIS ESTE *ESPACO*_DE TERRA E CEU_...OU SEJA, DE OPTIMA POESIA!!!!!
BELISSIMA IMAGEM, A ACOMPANHAR!
SEU BOM GOSTO, NUNCA ME "DESILUDE"!!!!
BOM INICIO DE SEMANA!
ABRACO!
Heloisa.
***********

Menina_marota said...

"...Dizer de Ti
É saber mais
É ir das torgas duras e agrestes
Às flores mais aveludadas
É saber escutar vozes caladas
Com que nos falam nossos ancestrais…"

... um belo Hino a um dos meus mais queridos Poetas...

Grata pela partilha da Poesia da Maria Mamede, uma Poetisa por excelência...

Beijo ;)

Poesia Portuguesa said...

A partilha de Poesia é uma forma de dar a conhecer a alma dos Poetas...

Um abraço ;)

125_azul said...

Apaixonado peter?! ainda bem que falta muito para a agenda estar cheia e fechada, apesar de para lá caminharmos todos.
Obrigado pela visita, amei a poesia que se respira aqui

De Amor e de Terra said...

Bom dia Peter e muito obrigada...
Está muito belo o post; denota ser um homem muito sensível.
Agradeço o destaque e a beleza que deu a esse meu Poema. Agradeço também à Amiga comum a quem devo esta alegria. Depois lhe agradecerei em particular.
Vou vir até cá mais vezes, pois ainda não conhecia o seu blog.

Um beijo de Arco-Íris da
Maria Mamede

Manoel Carlos said...

Parabéns a Maria Mamede por figurar em tão nobre espaço.