Friday, April 21, 2006

Uma vez mais


Uma vez mais
tantas vezes mais te digo
quantas vezes mais te suplico,
neste som que me conheces.
Uma vez mais, uma só.
Mais uma vez.
Aquela vez
que sucumbiste no grito
dum condor voando ao vento,
neste som que me conheces.
Uma vez mais, uma só.
Mais uma vez.
É assim quando te quero
hoje, aqui, mais uma vez
tantas vezes te suplico,
neste tom que me conheces.
Uma vez mais, uma só.
Uma só.
amo-te...

(A.M.F.)

Pintura de Amadeo Modigliani

11 comments:

Dra. Daniela Mann said...

Ei Peter!
Gostava imenso de linkar este blog, mas no amar-ela são os visitantes que se linkam! Se for da sua vontade, vá até lá e registe-se no "Páginas Amar-ela"!
Um abraço amigo,
Daniela

amita I said...

Olá Peter. Pelas iniciais desconheço o/a autor/a do poema, mas perante tão bela súplica quem não sucumbe nas letras...
Com muita amizade te deixo um bjo, uma flor e desejos de um excelente fim-de semana

mixtu said...

Uma vez mais... suficiente para serem muitas mais...

há comments que valem post ou glogs, o teu ficou no meu post, e que o Almirante o consiga, camarada...

Peter said...

MIXTU, este blog é uma espécie de refúgio e eu normalmente não respondo aos comentários, pois são sempre de visitantes do outro blog:
http://conversasdexaxa4.blogspot.com

Agradeço a sua atitude em evidenciar o meu comentário, integrando-o no texto. A parte final não está muito bem escrita, pois já era muito tarde quando pessoa amiga me chamou a atenção para o post e respectivo blog.

Tem uma "gralha". Na última linha, onde está:
"e que, ao fim destes anos todos, ainda não conseguiu inteiramente."

Deverá ler-se:

"o que, ao fim destes anos todos, ainda não conseguiu inteiramente."

Se não se importa vou linká-lo ao n/outro blog, mais generalista.

Abraço

alfazema said...

Passei por aqui, vinda do blog do Mixtu. Fiquei muito satisfeita com o que nos contaste. Obrigada por teres partilhado connosco a tua participação nessa tão desejada e bem sucedida revolução. Eu vivi-a intensamente. Oxalá o almirante consiga atingir totalmente os seus objectivos.
Um beijo

mixtu said...

Apareça de madrugada, uma estória...
cumprimentos

Anonymous said...

Olá Peter, já há algum tempo k nao vinha cá ao teu blog e sei k estou em falta contigo... Peço desculpa pela ausência!
Beijinhos para ti querido amigo...***

vero said...

O comentário anterior é meu... peço desculpa ***

vero said...

O comentário anterior é meu... peço desculpa ***

Kafé Roceiro said...

Parabéns! Simplesmente lindo e de muito bom gosto.]
um abraço,
Kafé.

Anonymous said...

Sabe a Abril. Sabe bem.