Thursday, February 01, 2007

Céus em fogo



Um corpo, certamente. Mas que é um corpo?
Boca, seios, coxas, sexo
um sorriso, a mão que afaga, voz?
Que trevas, quais trevas,
de esquecer ou ir tão fundo
quando o desprender-se da alma abre
nas portas da luxúria os céus em fogo?

(Adolfo Casais Monteiro)

12 comments:

Anonymous said...

Lindíssimo Peter!
Não conhecia o poema que me tocou profundamente.
"quando o desprender-se da alma abre
nas portas da luxúria os céus em fogo"
Beijo

Peter said...

A instalação do "update" Blogger levou a isto: os nomes desapareceram e ficaram todos em "Anonymous".

É NECESSÁRIO, QUANDO ESCREVEREM O COMENTÁRIO, ESCREVEREM O VOSSO ENDEREÇO GOOGLE ONDE ANTES ESCREVIAM O USERNAME

Se o v/servidor não é o Blogger, continuem como até aqui.

Se não têm blog, deixem o nome, ou nick, ou username, para eu depois poder responder.

Desculpem o incómodo, mas a culpa não é minha.

NARNIA said...

O fogo da Paixão...

Nilson Barcelli said...

Belas palavras, bem sublinhadas pela foto que escolheste.
Um abraço.

david santos said...

Olá!
Boa ideia, Casais monteiro.
Obrigado

Kalinka said...

A vida é uma passagem sim, feita de lugares certos e errados, palavras ditas e não ditas, correctas ou não, mas que com elas construimos essa vida e esse caminho da vida de um tempo que não volta mais...
fica apenas o sabor doce e/ou amargo de algumas palavras em momentos certos ou errados....

Beijos e abraços.

Paula Raposo said...
This comment has been removed by the author.
Heloisa B.P said...

"Que trevas, quais trevas,
de esquecer ou ir tão fundo
quando o desprender-se da alma abre
nas portas da luxúria os céus em fogo?"
************************MEIA DUZIA DE *VERSOS* E UM *POEMA*****QUE INCENDEIA UNIVERSOS ONDE *A VIDA* ACONTECE!
................SOBERBA ESCOLHA PETER! E.. a IMAGEM denota Seu ja' bem conhecido bomgosto e SENSIBILIDADE!

OBRIGADA!

AMIGO ABRACO.

Heloisa
**********

Paulo Sempre said...

Um certo fogo capaz de incendiar a "infância" que há em nós....
Abraço
Paulo

Je vois la vie en vert said...

Belo texto, belo blog cheio de luminosidade, bela música (toquei esta música na minha infância).
Parabens !

Kalinka said...

Os nossos caminhos têm andado um pouco desencontrados...mas hoje cá estou.
É um dia em que estou deveras comovida, de vez em quando lá cai uma lágrima, não consigo evitar. Faço-te um convite:

Hoje, dia 7 - um post especial num dia também especial - para minha Mãe. Convido-te.


Beijos e abraços.

Juda said...

Muito bom... um abraço...