Saturday, May 13, 2006

Imagem natural


Juntos, à luz do sol, como os teus
dois seios soltos da blusa, dois pássaros
cantavam, no anfiteatro da natureza,
para os montes e as colinas, os vales
e os rios, as grandes árvores e os
tímidos arbustos. O vento servia
de fundo ao seu canto; e no teu rosto
de olhos fechados, passavam
os sonhos que a tarde roubava
às tuas pálpebras. Um ruído súbito,
então, fez fugir um dos pássaros; mas
quando tu, apertando a blusa, te
ergueste do teu leito de erva,
fizeste com que todas as aves se
juntassem no teu gesto
que encheu o campo.

(Nuno Judice, in "Geometria Variável")

5 comments:

Heloisa B.P said...

Mais uma Imagem de "Natural" BELEZA e, mais UM BELISSIMO POEMA!!!
Deixo-Lhe meu Abraco, Peter, e, votos de continuacao de BOM FIM DE SEMANA!
Nao sei se o PETER chegou a ler as MSGS anteriores que AQUI deixei e no CONVERSAS*,dando-Lhe "carta branca", em relacao ao que me pede no meu blog!(?)...Pois nao so' tem "carta branca" como ainda me sinto "vaidosa" por se interessar por meus humildes escritos!

FIQUE EM SAUDE! e, espero que seu computador, ja' nao Lhe esteja causando muitos aborrecimentos!

..............ATE' SEMPRE!
Heloisa.
************

alfinete de peito said...

A conjugação do sentir :)

è incrivel como certas palavras nos pintam um cenário tão belo :)

Forte abraço dos Alfinetes!

MEDUSA said...

Lindíssimo!
É tudo o que me apetece dizer...
A conjugação perfeita dos três elementos: música, palavras e imagem.

Beijos

lusoblogger said...

Nuno Júdice...sempre!

dulce said...

Gostei muito.
Beijos.