Saturday, August 05, 2006

BREVE ENCONTRO


“Este é o amor das palavras demoradas
moradas habitadas
nelas mora
em memória e demora
o nosso breve encontro com a vida.”

(Sophia de Mello Breyner Andresen)

Foto de Peter:

São Petersburgo – Museu Ermitage

7 comments:

Luna said...

E como é breve o nosso encontro com a vida, isto quando a encontramos
beijos

Joaquim Amândio Santos said...

sempre me seduziu a maresia e um dia tirei do mar as palavras:

"
quando o mar deixa que suas ondas afaguem teu corpo
arranco seixos da areia e atiro-os sem pensar.
mergulho raivoso nas suas ondas,
torno minhas conchas suas
e só então,
me deito a teu lado na areia.

minha mão na tua,
com conchas para nos sossegar.
"

JAS

O silêncio será sempre a antítese da falta de comunicação. Abraço!

Heloisa B.P said...

*AS ARTES* EM UNISSONO!!!!
LINDO!
BELISSIMO!
_tenho estado a le-LO e a ver as FOTOS no *CONVERSAS...*!_Vim AQUI* espreitar:EM BOA HORA!!!!

Fica meu abraco e meu agradecimento por me levar a visitar o que SEUS OLHOS "VISITARAM"!!!!

Heloisa.
*********

Paulo Sempre said...

Excelente!!!!!

BlueShell said...

Sabes? Acho que afinal nada entendo ( nunca entendi) nada sobre o AMOR!
Escrevo sobre isso...mas acho que afinal....nunca entendi NADA!

Beijo e não te deixes "esturricar"...

BShell

dulce said...

Este Cupido tem um ar malandro!!! :-)
Beijos

Kalinka said...

PETER

Descobri o teu blog, ao passar na Fernanda e resolvi espreitar.
Gostei do que vi e li, poesia!
Se não te importares penso voltar.

Já tive o privilégio de estar em S. Petersburgo, precisamente no Museu Hermitage, de onde retiraste esta imagem, juntamente com uma poesia de Sophia de Mello Breyner.
BELA ESCOLHA.
Parabéns.

Beijo-te com carinho.